segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Restaurante de Londres prepara pratos com alimentos que seriam jogados fora



A constatação é antiga, o desperdício é um dos maiores males do mundo. A triste estimativa é de que 1,3 bilhões de toneladas de alimentos vão parar no lixo anualmente, representando quase 40% da produção global.  A verdade é que enquanto alguns esbanjam fartura em seus pratos, outros almejam ter o que comer no dia seguinte.

Para evitar este desperdício e reaproveitar a comida que seria jogada fora mas que ainda está em bom estado, o inglês Adam Smith e a brasileira Johanna Hewitt criaram o projeto The Real Junk Food ("a verdadeira comida do lixo", em tradução livre).


E assim nasceu o café Pay As You Feel (em tradução livre, “Pague O Que Você Quiser”), instalado na cidade de Leeds, em Londres, desde o final de 2013, que utiliza apenas mantimentos que continuam bons para consumo e que iriam para o lixo. Como o nome indica, os clientes pagam o quanto quiserem ou acharem justo pelo que estão consumindo.


Os responsáveis aproveitam não os alimentos que já foram jogados fora, mas que passaram do prazo de validade e ainda estão totalmente consumíveis, vindos de várias fontes, como supermercados, feiras, restaurantes, entre outros.


O cardápio varia diariamente, já que é elaborado exatamente com o que há no estoque. O casal também preza por refeições nutricionalmente variadas e equilibradas.

Imagens: Facebook do Real Junk Food
Para fazer doações e conhecer mais sobre este projeto basta acessar o site do Real Junk Food Project.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...